.:ENGLISH
 
.:PORTO DE PELOTAS
A cidade de Pelotas, um dos centros de maior importância econômica no Estado, sempre se valeu do transporte hidroviário, para a realização de seu intercâmbio comercial através o Sangradouro do São Gonçalo.

Atendendo solicitações das áreas econômicas e de acordo com sua orientação político-administrativa o Governo do Estado,apoia do no Decreto nº 18.553, de 31 de dezembro de 1928 procedeu as medidas necessárias à construção de instalações portuárias na cidade.

Com base em projeto fornecido pelo Estado mas alterado pela proponente foi assinado, em 5 de outubro de 1933, contrato com a firma Costa & Boegh para a construção do porto pela quantia de RS 4.892:346$000 e aprovado pelo Decreto nº 1.410, de 22 de janeiro de 1937.

Em decorrência de falhas administrativas a contratante faliu em 28 de novembro de 1936.

Em face da falência o contrato foi rescindido a 06 de fevereiro de 1937 a obra passou a ser executada por administração direta, pelo Estado, através uma Comissão das Obras do Porto de Pelotas.

Em 24 de junho de 1939 por Portaria nº 302 do Ministério de Viação e Obras Públicas, havia sido autorizada a exploração das instalações, já terminadas, em regime de "trapiche particular".

Uma série de acidentes com os caixões do cais levaram o Estado a contratar com a firma Grüen & Bilfinger em 11 de maio de 1942 um novo projeto de cais a ser construído à frente do existente. Esse projeto foi aprovado pela Portaria nº 696, de 06 de agosto de 1948 do Ministério de Viação e Obras Públicas.

Em 17 de janeiro de 1945, a Administração do Porto, constituída em 21 de fevereiro de 1940, Decreto Estadual 29, ocupou os trapíches particulares então em operação, consolidando as operações portuárias.

Em 1951 foi aberta concorrência, pelo Estado, para a execução do novo projeto, adjudicada à Companhia Construtora Nacional em 26 de dezembro de 1951, que iniciou oficialmente as obras em 1º de fevereiro de 1952, interrompendo-as em 1958.

As obras foram concluídas em 1970 pela Administração do Porto, que, em 1951, fora absorvida pelo Departamento Estadual de Portos, Rios e Canais e que até aquela data havia estado subordinada à Secretaria da Fazenda.
Foto: Geraldo Almeida
Porto de Pelotas

© Copyright - Praticagem da Lagoa dos Patos - por Aldeia.
Todos os direitos reservados.